SOBRE NÓS

Para falarmos sobre como nasceu este trabalho, podemos dividi-lo em quatro momentos: O primeiro momento deste iniciou-se com a irmã Neuza Percário que evangelizava as crianças do bairro, lá pelo ano de 1979,  transferindo, depois, o trabalho com estas crianças para a residência do Diácono Emigdio Zeferino e Tereza Leonel Zeferino, por alguns meses, lá pelos anos de 1980 e 1981. O segundo momento se iniciou, sob Eucaliptos próximos à estrada com Edmilson e Jaqueline que aos domingos à tarde, debaixo das árvores, ensinavam a Palavra de Deus às crianças deste bairro. Houve, neste período, dificuldades para a realização do trabalho, pois, alguns jovens cavaleiros tocavam os animais sobre os professores não os deixando ensinarem as crianças. Por esta razão, o trabalho precisou parar. Após algum tempo, começou-se um terceiro momento com a irmã Eliana Rúbio, quando as crianças do Monte Mor iam até a sua casa para pedir alguma coisa e ela passou a servir em sua casa, café com leite e pão aos domingos pela manhã e após este café ela as levava para Escola Dominical da Igreja Presbiteriana Monte Sião. Neste período os irmãos: Giuliano (conhecido como Baguá da Igreja Presbiteriana de Itapeva e estudante de Agronomia na UNESP/Botucatu), Tanise Gomes Martins e Jesana Ramos Torres, ministravam aulas às crianças ensinando a Palavra de Deus. O quarto momento se dá em 1992, quando o Presbítero Éderson José Martins passou a coordenar o trabalho na Escola Dominical da Igreja Presbiteriana Monte Sião com as crianças do Jardim Monte Mor, ministrando aulas em conjunto com Presbítero Marcos Antonio Tenore.

 

    O café com leite e pão, que eram servidos na residência da irmã Eliana Rúbio passou a ser servido no Salão Social da Igreja Presbiteriana “Monte Sião” preparados pelos irmãos Diácono Raul Rúbio da Rosa, seu Romildo e sua esposa, dona Joana Carmelina Milanezi Rúbio, tendo depois a colaboração das irmãs da SAF. Juntos os Presbíteros Éderson e Marcos, realizavam alguns eventos no bairro e davam assistência social aos menos favorecidos do Jardim Monte Mor, além da evangelização e discipulado. Em 1994, decidiu-se realizar o trabalho no próprio Bairro. Para isso foi necessário procurar um local onde o trabalho pudesse ser realizado. A irmã Maria de Brito, membro da Igreja Presbiteriana “Monte Sião” e que morava no Jardim Monte Mor ficou sabendo do interesse em se começar um trabalho no Jardim Monte Mor ofereceu a sua casa para isso. O trabalho começou com algumas crianças e sua família, com o trabalho inaugural dirigido pelo Reverendo Antonio Coine. Passado um ano realizando o trabalho na casa de dona Maria, os irmãos que dirigiam o trabalho resolveram alternar os cultos nas casas de irmãos e irmãs que começaram a frequentar de maneira assídua os trabalhos. 

 

    No decorrer deste ano dona Maria de Brito, vendeu sua casa e a sede do trabalho foi transferida para casa de dona Neide que havia se convertido ao Senhor Jesus. dona Neide que outrora vivia realizando trabalhos em terreiros de umbanda, agora, convertida ao Senhor Jesus resolve oferecer sua casa para que os cultos às quartas-feiras sejam ali realizados. Este trabalho continuou por mais de um ano nesta residência, pois assim como a dona Maria de Brito, dona Neide vendeu sua casa e mudou-se para outro bairro. Após a mudança da casa de dona Neide o trabalho passou a ser realizado na casa de, dona Gorete que frequentava o trabalho e ofereceu sua casa para que a obra do Senhor Jesus continuasse. Este trabalho continuou em sua residência por mais três anos, com os quais foi tendo um bom desenvolvimento. 

    

    A cada reunião aumentava o número de crianças e adultos que frequentavam o trabalho. Com o aumento do número de pessoas e também pelo longo período atuando na casa da dona Gorete, o Conselho da Igreja Presbiteriana “Monte Sião” resolve transformar o Ponto de Pregação em Congregação que passa a ser denominada Congregação Presbiteriana do Jardim Monte Mor. Para isto, alugou-se um salão onde havia funcionado um bar e um salão de bilhar, salões estes que ficam na Rua Arlindo Durantes nº 445.  No dia da inauguração houve uma grande festa com filmagem, cachorros quentes e refrigerantes.

     Momentos de muita alegria pelas bênçãos que continuavam a ser alcançadas da parte do nosso amado Deus e Pai celestial. Estiveram presentes nesta inauguração cerca de 70 pessoas. Isto foi em julho de 2001. O trabalho a princípio era realizado toda quarta-feira às 20h00. Um tempo depois começou a Escola Dominical às 14h30. Após um período, resolve-se mudar o culto de quarta-feira para quinta-feira às 20h00 e também começar cultos aos domingos às 19h30. O trabalho começou a tomar grande proporção, com isso o Conselho da Igreja Presbiteriana “Monte Sião” resolveu, em 2004, colocar um obreiro para atender melhor as necessidades da Congregação levando a proposta ao Presbitério de Botucatu que havia criado o Plano Missionário Urbano. 

    

    O PBTU resolveu atender e em parceria com a IP Monte Sião, designa o Licenciado Wagner Rogério de Almeida Junior para trabalhar junto às Congregações Presbiterianas do Jardim Monte Mor e “Monte Moriá”, esta segunda situa-se no Jardim Santa Elisa. O Licenciado Wagner dedica-se tempo integral junto á Congregação estruturando o trabalho através de visitação e evangelização, orientação às famílias, assistência social com os Diáconos da IP Monte Sião, e preparação de catecúmenos para a Pública Profissão de Fé e Batismo, sendo que a primeira turma de professandos e seus filhos que se realiza na Páscoa de 2006. A partir do dia 01/10/2005 devido o crescimento e a demanda para melhores acomodações o Conselho da IP Monte Sião resolve alugar uma antiga mercearia, ora fechada, que se transforma em Salão de Cultos e Classes de Escola Dominical, que é mobiliado com cadeiras e outros mobiliários. Na Páscoa de 2006 são recebidas como membros comungantes as seguintes irmãs; Damaris Gema Barbosa de Souza, Silvana dos Santos, Fernanda de Oliveira, Arlinda Dias da Silva, Rosangela de Oliveira, Amanda Cristina de Almeida, Jéssica de Almeida Souza e Eduanda Ferreira da Silva por Pública Profissão de Fé e Batismo, e, também, são batizadas como membros não comungantes as crianças: Luiz Cláudio Barbosa da Silva, Janaina Barbosa da Silva, Suelen Marina de Oliveira, Júlia Cardoso dos Santos, Mariana Iasmin Santos Santana e Samara Micaeli Santos Santana.

    

    Deus continua abençoando o trabalho e na Páscoa de 2007 são recebidos por batismo e Profissão de Fé outros irmãos: Paulo Venâncio Rodrigues, Fernanda Cristina Policarpo Rodrigues, Mayara Guedes de Assis, Veridiana Aparecida Apolinário Reis. E como membro não-comungante por batismo: Pedro Venâncio Rodrigues. Neste mesmo ano inicia-se o Projeto Redenção, que conta com um laboratório de Informática, com oito computadores e tem como objetivo servir a comunidade e ser mais um canal de divulgação do evangelho. Em 2007 o Presbitério de Botucatu e a Igreja Presbiteriana Monte Sião fazem uma parceria com o Plano Missionário Cooperativo, autarquia de nossa denominação, para que o trabalho crie mais autonomia e possa se desenvolver. Com isso, algumas pessoas da Igreja sede juntam-se a nós e com a graça de Deus o trabalho floresce. No inicio de 2008 a Congregação passa a se chamar “Congregação Presbiteriana Monte das Oliveiras”.

 

    Por causa deste crescimento, em 11 de abril de 2009, mudamos para outro salão em um bairro vizinho, na Rua Lourenço Castanho, 1295 – Jardim Flamboyant e continuamos pregando a Palavra fielmente, evangelizando, investindo em vidas e mais uma vez Deus nos agraciou, com pessoas unindo-se a nós, pessoas professando sua fé e a Igreja crescendo. Sendo assim a Igreja Presbiteriana Monte Sião, encaminha para a Reunião Extraordinária do Presbitério, em Setembro de 2011, na cidade de Itatinga, a intenção da organização da Igreja que é aprovada na Reunião Ordinária em dezembro de 2011. 

    Hoje, liderada pelo Rev. Wagner Rogério de Almeida Jr e os irmãos Pb. José Renato Costa, Pb. Josafá Gabriel da Rocha, Pb. César Murilo Bertani, Diego Cristiano Chávari entre outros têm como sonho fazer dela uma Igreja que seja referência em Botucatu e região entre as Igrejas tanto no âmbito espiritual quanto no âmbito social estimulando o relacionamento das pessoas com Deus e umas com as outras de modo acolhedor e transformador.

     Para isso buscamos ser uma Igreja Bíblica que adora a Deus sem negociar princípios, que faz a diferença no bairro em que está inserida, atraindo, acolhendo e discipulando pessoas que chegam, e indo até locais mais periféricos alcançando o homem na sua integralidade. Fortalecendo famílias e desenvolvendo seus dons para influenciarem a sociedade.

Para que este sonho torne-se realidade, convidamos você a juntar-se a nós. Venha fazer parte desta história!

 

Rev. Wagner Rogério de Almeida Jr.

Pastor da IP Monte das Oliveiras

Endereço: 

Avenida Universitária, 1811 - Jardim Itália - Botucatu- São Paulo/SP 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now